Pages

O NAZISMO ERA DE ESQUERDA OU DIREITA?

Por Marco Sousa


OS NAZISTAS DE ONTEM E OS NAZISTAS DE HOJE

1 - O nazismo de Adolf Hitler era anticapitalista, detestava os judeus e buscava a sua total destruição. A comunidade esquerdista atual é completamente contra o estado de Israel e totalmente alinhada com os países islâmicos, os quais desejam a destruição completa da nação israelense.

2O partido de Adolf Hitler se utilizou de violência, mentiras e métodos não ortodoxos para frear a oposição. De forma semelhante, nos países em que o comunismo se instalou o processo se deu com terríveis lutas internas e com a sobreposição do partido mais forte sobre os demais, com dolo, violência e assassinatos. A ditadura de Stálin foi estabelecida desta forma. O Partido Nacional Socialista Alemão de Adolf Hitler obteve a primazia nacional e o nazismo destruiu a oposição, usando o mesmo modus operandi de Stálin. Historiadores esquerdistas da USP costumam dizer que o termo “socialista” do partido de Hitler era propaganda enganosa, mas a realidade é que este fator torna o partido do ditador alemão muito semelhante aos partidos esquerdistas brasileiros, cujos nomes dizem uma coisa, mas a realidade e os objetivos ocultos são outros.

3 -  O método usado por Mao Tsé Tung na China, por Stálin na URSS e por Adolf Hitler na Alemanha é o mesmo repetido por Nícolas Maduro durante a atual crise da Venezuela (2018-2019), isto é, enganar, mentir e usurpar o poder a qualquer custo, inclusive dividindo a sociedade em dois pólos: De um lado a parcela da população que luta pela liberdade e do outro lado os capangas da ditadura (aclamados como heróis do regime), misturados com as massas imbecilizadas. No socialismo/comunismo, o governo que aspira a ditadura prega a divisão dos seres humanos em classes opostas, ainda que a carta magna reze que todos os homens são iguais perante a lei. O apoio claro e aberto dado pelo maior partido esquerdista brasileiro ao ditador venezuelano reflete o tipo de gente e o tipo de ideologia que a esquerda brasileira prega.

4 - Para que o regime socialista/comunista funcione alguma classe deve pagar a conta (os trabalhadores sempre pagam). O comunismo/socialismo funciona com o dinheiro do outro. Quando o recurso financeiro acaba, ou a economia gerada pelos bens e serviços produzidos pelo proletariado interno entra em declínio, o sistema se autodestrói. E logo começa a guerra civil. O script é sempre o mesmo desde que Karl Marx lançou os fundamentos do socialismo. Quando a guerra civil começa fomentada pela divisão forçada dos humanos em duas classes sociais antagônicas, as massas começam a passar fome, enquanto os líderes do governo comem caviar, legislam em causa própria e defendem a "classe superior" dos políticos e aliados. E são capazes de dizer que um ladrão condenado com provas irrefutáveis é inocente.

5 - O comunismo procura criar distúrbios sociais para enfraquecer as instituições conservadoras, para depois estabelecer a ditadura. Hitler minou a igreja Luterana retirando do seu caminho as lideranças que se opuseram. No Brasil os partidos comunistas se infiltraram na igreja católica gerando conflitos com os católicos conservadores (Confira os vídeos abaixo). Os comunistas da URSS minaram a igreja ortodoxa russa usando este mesmo modus operandi, depois partiram para as igrejas das demais regiões dominadas. Alguns "pastores" ditos "evangélicos" também aderiram ao socialismo, todavia tais religiosos são considerados "desviados" de Cristo e são vistos como hereges e falsários pela maioria de cristãos da comunidade evangélica brasileira (aquela que não é analfabeta em Bíblia Sagrada e conhece bem a história geral) devido a incompatibilidade do comunismo/socialismo com o evangelho genuíno de Jesus Cristo.


6 - A Venezuela fica ali bem pertinho e aqueles que irão estender os tapetes para o anticristo, estão todos os dias na tela da sua televisão, levantando bandeiras vermelhas, a favor do aborto, da prostituição e contra a família tradicional. Tem muito “cristão” conivente com isto...

7 - As ações dos partidos socialistas e comunistas antigos e atuais, são completamente similares às ações de Adolf Hitler e revelam que o nazismo era tão esquerdista quanto os partidos comunistas e socialistas atuais, inclusive no modus operandi da propaganda política...

Uma análise mais acurada da história (algo que a militância esquerdista brasileira se recusa a fazer) denota que o nazismo era socialista.




Na inscrição da moeda leia-se “Tag der arbeit, 1934” ou “Dia do Trabalho, 1934” - Foi lançada no ano seguinte à posse de Hitler como führer (Clique aqui para saber mais sobre a moeda). No Brasil a hipocrisia e a ocultação da verdade são partes inequívocas do “partidarismo canhoto”, ainda que para sustentar as suas tramas seja necessário criar um forte tecido de mentiras e meias-verdade (hoje o nome disto é fake-news). A mídia esquerdista, meia dúzia de professores de história e algumas dezenas de cientistas políticos envolvidos com o ramo da vagabundagem são peritos nisto: “Chame seu próximo daquilo que você é e acuse-o de fazer o que você faz”...

Deixemos que o próprio Adolf Hitler se explique sobre aquilo que os ilustres professores de história e outros adeptos do esquerdismo (bonecos do PT) gostam de esconder:

"Nós somos socialistas, nós somos inimigos do atual sistema econômico capitalista para a exploração dos economicamente fracos, com seus salários injustos, com sua indecorosa avaliação do ser humano de acordo com a riqueza e a propriedade em vez de sua responsabilidade e desempenho, e nós estamos todos determinados a destruir esse sistema sob todas as condições." Adolf Hitler (discurso de Primeiro de Maio de 1927, citado por Toland, 1976).

"Eu aprendi muito do marxismo, e eu não sonho esconder isso. (...) O que me interessou e me instruiu nos marxistas foram os seus métodos [Exatamente como disse o marxista Boff: que ele aproveitou o método marxista] (...) Todo o Nacional Socialismo está contido lá dentro (...) O nacional socialismo é aquilo que o marxismo poderia ter sido se ele fosse libertado dos entraves estúpidos e artificiais de uma pretensa ordem democrática" (Adolfo Hitler, apud Hermann Rauschning, Hitler m´a dit, Coopération, Paris 1939, pp.211- 212).

"Os ensinamentos da revolução, eis todo o segredo da nova estratégia. Eu os aprendi dos bolchevistas e não tenho vergonha de dizer isso, porque é sempre dos inimigos que se aprende mais" (Adoph Hitler, apud Hermann Rauschning, Hitler m´a dit, Coopération, Paris 1939, p. 26).

"Que significa ainda a propriedade e que significam as rendas? Para que precisamos nós socializar os bancos e as fábricas? Nós socializamos os homens" (Adolfo Hitler, apud Hermann Rauschning, Hitler m´a dit, Coopération, Paris 1939, pp. 218-219).
Qualquer semelhança jamais poderá ser tratada como mera coincidência. Que caiam as máscaras!


ESCOLA BÍBLICA

“Goteje a minha doutrina como a chuva, destile a minha palavra como o orvalho, como chuvisco sobre a erva e como gotas de água sobre a relva”

Deuteronômio 32:2