Pages

A BÍBLIA E AS ARMAS

Por Marco Sousa


UM CRISTÃO PODE TER ARMA DE FOGO EM CASA, OU PORTAR ARMAS?

Não existem dúvidas quanto ao direito do cristão que exerce cargo ou profissão que exija o uso de armas de fogo, fazer uso delas em seu trabalho (Vide Romanos 13:1-7). O problema e as dúvidas surgem quando o assunto é o uso de armas de fogo por cristãos civis, pois o assunto entra no campo da ética cristã. Este tema tão polêmico divide a cristandade em dois blocos. Tanto os favoráveis quanto os contrários utilizam passagens da Bíblia Sagrada e fatos concretos da história do cristianismo para tirarem suas conclusões. É difícil ter uma conclusão precisa e final sobre este tema, por conta das diferenças culturais entre os tempos bíblicos e o nosso tempo, todavia existem pontos fundamentais no cristianismo, que jamais serão alterados, tais como, o seu caráter de preservação dos valores e princípios da família tradicional criada por Deus como célula mater da sociedade. Partindo desta premissa, sou a favor de que o cidadão civil, de bem, sem antecedentes criminais e devidamente treinado, tenha o direito legal de possuir armas em casa, para situações especiais, (como o homem do campo por exemplo) e sempre para defesa da sua família, mas eu jamais as compraria (defendo o direito do cidadão optar por ter ou não ter armas em casa).

É função do pai de família proteger o lar... (Vide Efésios 5:25). Alguns fazem isto com um belo porrete guardado atrás da porta... Outros o fazem com jejum e muita oração... Os dois métodos funcionam muito bem...

ALGUMAS QUESTÕES PARA REFLEXÃO

► Por quais motivos durante a construção dos muros de Jerusalém, os edificadores traziam a ferramenta em uma mão e as armas na outra e cada um tinha uma espada na cintura? (Vide Neemias 4:17-18).
► Por quais motivos Deus estabeleceu a diferença entre assassinato (que era punido com a execução do criminoso) e o direito a legitima defesa? (Vide Êxodo 22:2).
► Por quais motivos Jesus (que era totalmente contra a violência - como todo cristão deve ser) mandou que seus discípulos conseguissem algumas espadas, durante a fuga na semana da crucificação? (Vide Lucas 22:35-36). Cabe avisar ao nobre leitor que Jesus não estava instruindo-os a comprar espadas como um meio para se tornarem homens violentos. Jesus estava instruindo-os a comprar espadas para ficarem prontos para a violência, caso chegasse a hora de defender os inocentes, sua família ou a si mesmos. A Bíblia sagrada também afirma no novo testamento que se alguém não cuida dos seus familiares negou a fé e é pior do que o infiel. Cuidar é proteger dos perigos, alimentar e dar abrigo (Vide I Timóteo  5:8).

Biblicamente falando sabemos que o cristão genuíno deve ser um pacificador. Não deve colocar a sua confiança em armas, mas precisa ser espiritual e contar com o livramento dado por Deus. Ser cristão é por natureza ser um patriota e sabendo que a sociedade está dividida entre pessoas de bem e bandidos e que apenas um lado está armado, a cristandade precisa se posicionar, uma vez que o próprio Cristo aconselhou o cristão a ser simples como uma pomba e ao mesmo tempo prudente como uma serpente (Vide Mateus 10:16), não podemos em hipótese alguma sermos imprudentes, como ovelhas incautas que aceitam de “bom grado” serem comidas pelo lobo.

A AGENDA ESQUERDISTA E O JOGO POLÍTICO BRASILEIRO

No jogo político da agenda esquerdista brasileira o cristão analfabeto biblicamente e politicamente está fadado a virar presa de lobos ou a estender o tapete vermelho para o anticristo. Aquela agenda esquerdista associada ao liberalismo teológico tem feito desmoronar os valores cristãos do mundo ocidental, enquanto muitos crentes sem discernimento e defensores do "evangelho da água morna" se esquecem que são o "sal da terra" e não a "cocada preta" para satisfazer o paladar dos inimigos do evangelho.    

Embora eu não queira comprar uma arma, por ser um cristão do tipo pacificador (Vide Mateus 5:9) sou também (paradoxalmente) a favor da política armamentista do governo brasileiro, como instrumento de defesa da sociedade, que escolheu isto em um referendo legitimo e aberto. Democracia é isto. Quem for contra, faça apenas um favor à sociedade brasileira: NÃO COMPRE ARMAS, O LIVRE-ARBÍTRIO DO HOMEM ESTÁ GARANTIDO POR DEUS E PELA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL!

ESCOLA BÍBLICA

“Goteje a minha doutrina como a chuva, destile a minha palavra como o orvalho, como chuvisco sobre a erva e como gotas de água sobre a relva”

Deuteronômio 32:2